Se você, assim como eu, é apaixonada por maquiagens e usa quase que diariamente sabe o quão importante é retirar depois essas camadas coloridas e mágicas que adoramos aplicar. E se você não sabe, lhe digo então que deveria saber. Para retirar tudo é necessário ter em mãos um bom ou melhor, um ótimo produto demaquilante, seja ele no formato que for (esse é um critério mais pessoal mesmo).

Aqui no blog já falei algumas vezes dos produtos que eu estava usando, porém achar um demaquilante perfeito é uma tarefa mais difícil do que se imagina. Você precisa levar diversos fatores em questão, como a consistência desejada, se a marca lhe agrada, se o preço está dentro do que você pode pagar, se dá algum tipo de reação alérgica, se é pro seu tipo de pele, etc.

Eu já testei demaquilante bifásico, não bifásico, em leite, em lenços, em óleo e a famosa água micelar. Me decepcionei com os produtos em sua maioria, seja pelos mesmos aspectos apresentados ou não, mas não em sua totalidade. Os lenços deixavam a minha pele super sensibilizada após o uso, já que necessita ser esfregado (por mais úmido que eles fossem). Já o em leite ocorreram duas situações: de uma marca seu poder de remoção era fraco e da outra marca ardia a minha pele de maneira enlouquecida!

Acabei recorrendo então aos bifásicos e aos não bifásicos. No quesito não bifásico, de novo a questão do poder demaquilante não ser satisfatórios e os bifásicos, em sua maioria, o problema da ardência em meus olhos. Mesmo sempre apresentando esse sintoma, me mantive fiel a esse tipo de demaquilante, até que cheguei num ponto onde a área perto dos meus olhos começou a inchar. Sim, um sinal simples de que eu estava fazendo algo de errado.


Chegando nas minhas conclusões, no quesito bifásico, somente dois produtos se salvam, mas cada um em seu extremo de preço: Lancôme e Panvel. Enquanto um custa a bagatela de R$199 por 125ml, o outro tem um preço muito amigo de R$16 por 150ml. E antes que me perguntem, sim o efeito dos dois é praticamente igual e não ardem a pele.

O demaquilante da Panvel eu usei há muitos anos, numa fase em que eu ainda não tinha condições de gastar com produtos que custassem mais de R$20 (oi, bem-vinda ao mundo encantado dos universitários!), mas quando as coisas começaram a melhorar, óbvio que comecei a comprar produtos melhores e acabei esquecendo dele, coisa que me arrependo. Pagava R$10 a mais em produtos que faziam mal aos meus olhos, enquanto que a cópia do famoso Bi-Facil da Lancôme era deixado de lado. Agora, tenho ele novamente em minha penteadeira e sempre recorro quando quero retirar a maquiagem rapidamente.

O Bi-Facil eu comprei em versão miniatura que veio em um kit da máscara Hypnôse Dolls, juntamente com uma miniatura do lápis Le Crayon Khôl, mas como alegria sempre tem fim, a miniatura acabou e eu nunca tive coragem de pagar os US$31 que uma versão normal custa e muito menos o valor cobrado no Brasil.

Por fim, aproveitei a minha viagem a Paris e acabei fazendo estoque de demaquilante em óleo e das águas micelares. O demaquilante em óleo ainda não caiu nas graças das marcas brasileiras, mas acredito que, assim como ocorreu com a água micelar, em breve ela começará a ser comprada com mais facilidade e com preço mais acessível no Brasil. Esse tipo de produto você aplica na pele com movimentos circulares, massageando enquanto retira a maquiagem e depois é só enxáguar. O óleo se torna numa emulsão que limpa a pele sem precisar de um limpador facial e sem deixar resquício de óleo. Eu comprei a versão da L’Oréal e em breve faço uma resenha para vocês.

Já as águas micelares, trouxe da Garnier e da Bioderma, que já falei nesse post em vídeo. Depois, a L’Oréal lançou a sua versão no Brasil e também acabei comprando. Não falei dela aqui no blog ainda, mas posso afirmar que o efeito é igual a da Garnier.

Pelo menos essa procura toda me ensinou que, em alguns casos, o barato ainda é o melhor e que preço mais alto e marca mais famosa não significa que o produto também será melhor.

1Pingbacks & Trackbacks on A saga do demaquilante

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *