10410228_650751568337203_2709608064996365513_n

Muitas mulheres aprenderam que antes de gastar horrores com produtos de maquiagem é preciso se importar com o estado que sua pele está. Em vez de comprar aquela base caríssima, é melhor gastar com produtos que irão deixar a pele macia e hidratada. Com isso, a rotina coreana de cuidados com a pele acabou sendo conhecida aqui no Brasil por causa da pele perfeita que normalmente as coreanas apresentam.

A tal rotina coreana de cuidados com a pele possui 10 passos diários (dependendo da versão, podem ser até 14) repetidos antes de ir dormir e logo depois de acordar. A Revista Elle postou uma matéria explicando que é possível adaptar a rotina aos cuidados brasileiros, apesar que entram na conta alguns produtos específicos da Coreia do Sul que não são tão fáceis de encontrar.

1) Limpeza à base de óleo (demaquilante)

Na rotina coreana, tirar a maquiagem antes de dormir é uma regra nunca ignorada. No lugar de usar um demaquilante comum, as adeptas dessa prática optam por uma versão à base de óleo que é mais potente.

NO BRASIL: Segundo o dermatologista paulita Jardis Volpe, o paralelo mais próximo disso disponível no mercado brasileiro é o demaquilante bifásico, que funciona como dois produtos combinados, um à base de água e outro de óleo.

2) Limpeza à base de água (impurezas)

É aqui que entraria a Beauty Water da Son & Park que tem até propriedades esfoliantes (o próximo passo, por sinal). “Podemos ficar com a tradicional água micelar que dá conta do recado”, soluciona Jardis. Sempre aplicada com um algodão em movimentos circulares pelo rosto.

3) Esfoliação

A função é a mesma de sempre: tirar do rosto as células que já estão mortas. Assim, elas saem do caminho dos produtos de tratamento que você vai aplicar em seguida. A limpeza, a esfoliação e o tônico servem, principalmente para preparar a pele e realçar os efeitos dos próximos passos.

ATENÇÃO: Esta é uma etapa que NÃO deve ser repetida diariamente, especialmente se você tem uma pele sensível. O ideal fica entre duas ou três vezes durante a semana, dependendo de como a sua derme responde.

4) Tonificação

“Para quem tem pele oleosa e até problemas com acne, o tônico é muito indicado”, explica Jardis. “Ele providencia uma limpeza ainda mais profunda e deve ser sempre espalhado no rosto com algodão.” É também este o passo responsável por deixar a pele mais macia.

DICA IMPORTANTE: Afaste-se do álcool. Procure usar tônicos com baixo índice ou nenhum álcool na composição.

19030752_1400175933394759_2041707235253691911_n

5) Essência

Ao fuçar todos os vídeos, tutoriais, matérias e links sobre beleza coreana, rapidamente entendi que este é um dos principais passos. “O coração da rotina coreana”, define o site SokoGlam responsável por uma das curadorias mais legais de produtos da Coreia à venda online.

O problema é que não existem muitos paralelos diretos a ele no Brasil. Uma das poucas disponíveis por aqui é a versão da Caudalie, Vinoperfect Serum Luminosidade Antimanchas. “A essência, na verdade, é um sérum muito leve que foi criado de modo a ter uma textura menos oleosa. É um líquido praticamente. Um jeito de usar o sérum sem carregar demais”, explica Jardis. “A pele média na Coreia é oleosa, por isso, tudo lá é pensado para tal.”

Uma boa ideia, por aqui, é usar um sérum hidratante que possa ser combinado ao que vem a seguir.

6) Tratamento

Aqui, o auto-conhecimento fala mais alto: o que a sua pele precisa? Você está com manchas e quer minimizá-las? Está sentindo que precisa de mais firmeza? O sexto passo da rotina coreana é um convite para você usar aqueles produtos que tem uma finalidade clara. “Essa é a hora de aplicar um concentrado de vitaminas, algo que ative a produção de colágeno, ou qualquer coisa do gênero”, aconselha.

7) Máscaras de papel

Já parou para pensar como essas máscaras são produzidas? Antes de ir para o seu rosto, elas ficam horas e horas embebidas em sérum. Há quem pegue aquele “restinho” que sobra no pacote da máscara para passar no rosto porque ele tem efeitos realmente muito impactantes. Diferentemente da aplicação manual, a máscara aprofunda o tratamento do sérum.

Para usar, basta deixá-la descansar sobre a pele de 15 a 20 minutos – o uso diário não é obrigatório, se você não tiver tempo, mas vale à pena fazer pelo menos duas vezes por semana – e depois de tirar, deixar todo aquele resíduo penetrar no rosto. Pequenas batidinhas podem ajudar a agilizar o processo.

8) Creme para os olhos

Se a pele do rosto precisa de tanto cuidado, a dos olhos é ainda mais sensível e delicada. Mantê-la hidratada e bem massageada é garantia de olheiras menores. Depois de alguns dias fazendo movimentos circulares de dentro para fora com um hidratante bem levinho da Sisley que conquistei na nossa feirinha, percebi que o ritual me ajuda a ficar mais desperto. O dia só começa depois disso!

9) Hidratação

Estamos quase acabando, prometo! Agora é só passar um hidratante para selar esse combo todo. Daí vai de você escolher o que funciona melhor para a sua pele. Lembrando que existem vários tipos diferentes: gel, espuma, creme…

10) Protetor solar (para o começo do dia) ou máscara noturna (para o fim do dia)

É unânime: 10 entre 10 dermatologistas incentivam o uso diário do protetor solar. Ele funciona não só como prevenção contra o câncer de pele, mas também ajuda a combater o envelhecimento precoce causado pela radiação UV. Se você estiver indo dormir, aproveite para usar uma máscara noturna. “É de noite que as células da nossa pele estão se renovando. Com esse boost, elas já chegam bem melhores”.


Sim, é bastante coisa… Na vida real, alguns passos de tratamento podem ser resumidos. “Não é porque essa rotina surgiu na Coreia que todo mundo siga isso à risca por lá. Na verdade, a gente tem sempre que tomar cuidado para não se tornar um ‘skin addict’, sabe? Hoje, a preferência é por um procedimento mais simplificado. No entanto, vale ficar de olho na maneira como elas lidam com a maquiagem. Os produtos de lá sempre chegam com um cuidado a mais ligado a pele: seja em um corretivo que hidrata ou em uma base que tem proteção solar. Essa preocupação é algo culturalmente mais enraizado.”

Veja também

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *