beauty-shoot-makeup-eyes-campaign-white-skin-clean-ruth-rose-london-photographer-20

O ácido hialurônico é um componente natural da pele, uma molécula captora de água capaz de preencher os espaços entre as células. Ele, juntamente com o colágeno, são os grandes aliados na luta contra as rugas e a perda da juventude da pele.

A mudança começa por volta dos 25 anos, momento em que os níveis deste ácido e do colágeno caem drasticamente no organismo. Com isso, a nossa pele acaba se tornando seca, perdendo o contorno do rosto e aparecendo as primeiras linhas de expressão, mas claro que isso pode variar.

É por volta desta idade que é recomendado o início do uso dos cremes anti idade, que irão repor os níveis deste ácido e estimular a produção do mesmo. Nestes cremes é utilizada a forma sintética desta molécula, normalmente em concentrações a 1%. A partir dos 40 anos é recomendável que se comece os tratamentos que usam o ácido na versão injetável, normalmente feito em clínicas de estética. O ácido hialurônico administrado desta forma é mais eficaz e mais seguro que outros tratamentos de preenchimento, visto que a sua taxa de rejeição é mínima.

Mas o que realmente eu quero levantar nessa postagem são as formas naturais que poderão ajudar a sua pele a produzir maior quantidade de ácido hialurônico. Alimentos ricos em vitamina A, ajudam o organismo a produzir o ácido e a liberá-lo na forma de retinol. Opte por peixes como o atum, a cavala ou o salmão e ainda o óleo de fígado de bacalhau. Os alimentos ricos em vitamina C, como a laranja e o kiwi, vão ajudar o seu organismo a liberar o ácido, assim como os legumes verdes. E, como esta molécula é captora de água, é fundamental beber pelo menos 2 litros diariamente, não só para manter a pele hidratada, mas também para ajudar o organismo a eliminar mais eficazmente as toxinas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *